TUDO O QUE PRECISA SABER SOBRE A GERAÇÃO MILLENNIUM


O estudo envolveu 5 mil indivíduos de cinco países diferentes (registando mais de 400 mil opiniões sobre 78 questões específicas) e permitiu determinar alguns dos traços marcantes desta Geração, que à partida se encontra bastante influenciada, em termos de pulsar social, pelo terrorismo e pela cultura e diversão. Mas que liga pouco à política, preocupa-se pouco pela Europa, liga alguma coisa a fenómeno socialite e quase nada à Religião. Tão pouco se surpreende com a Tecnologia, que incorpora como a coisa mais natural das suas vidas.

TUDO O QUE PRECISA SABER SOBRE A GERAÇÃO MILLENNIUM

Em termos de TRABALHO, os elementos da geração Millennium gostam do que fazem, gostam ou gostariam de trabalhar remotamente, e sem horários rígidos. Estão geralmente abertos à mobilidade geográfica, se necessário. Dentro destas Tendências, pode afirmar-se que os mais “conservadores” ainda são os Portugueses.
Todos confiam em que vão ter sucesso profissional, e vão superar os seus pais. Aliás também esperam ser mais longevos que os seus progenitores.

 

As principais Tendências detetadas na área do DINHEIRO, poupança e compras dizem que, de uma forma genérica, os millennials já se consideram financeiramente independentes, e também que são intencionalmente poupados, muito poupados! Talvez porque ganhem pouco, mas a esmagadora maioria revela a esperança de vir a ganhar significativamente mais dentro de 5 anos.
Na hora de comprar, admitem que consultam e são muito influenciados pelos seus amigos, e já revelam alguma preocupação em comprar Qualidade. Gostam muito de Saldos e Promoções, que perseguem continuamente, e estão bastante abertos à compra de usado.
Compram bastantes coisas online, não se revelam ecologistas nem demasiadamente preocupados com a responsabilidade social daquilo que compram.

 

As principais Tendências em termos de LIFESTYLE, dizem que apesar de poderem ter algumas limitações financeiras e serem ponderados a comprar, gostam por vezes de extravagância e do luxo efémero. Vendem bastante os seus artigos usados online, mas, curiosamente… não compram aí!

Não pensam em comprar casa de forma massiva, como se isso fosse a essência do seu lifestyle (apenas 1 em cada 3), e dois terços vivem com os pais, família ou com amigos. Uma franja significativa, 1 em cada 3 ou 1 em cada 4, não está a pensar sair de casa dos pais nos próximos 5 anos…

 

As Tendências encontradas ao nível do DIGITAL e das REDES SOCIAIS dizem que os millennials passam entre 1 a 3 horas a navegar na web (os Americanos 3 a 5 horas ou mais!) e dois terços partilham os seus acontecimentos quotidianos na rede. Grande parte dos millennials pertence a “grupos fechados” e usa as redes sociais como ferramenta profissional. Avaliam produtos e seguem as suas Marcas favoritas nas redes sociais.

O Facebook lidera, ameaçado pelo Instagram em Portugal, Espanha e Inglaterra. São tecnologicamente competentes, e aderem a novas propostas de tecnologias emergentes.

 

Veja o estudo completo AQUI.

FreshMail.com